Amargo e Doce Desejo
"O desejo é uma força poderosa que pode ser usada para fazer as coisas acontecerem!"
11 de Junho de 2015

"Nestes modernos tempos tudo é especial, maravilhoso, tudo é fora do vulgar e diferente de tudo o que mais há. Nestes tempos todos são únicos e extraordinários. Tomaram o "diferente" e guindaram-o a "melhor" e tantos há que nem repararam que ao ser todos diferentes se tornam, no pior sentido, afinal todos iguais.

 

Pegaram no amor e quiseram-o sublime, sublimado, que todos os amores só assim fazem sentido, é o que dizem. Pegaram nas fasquias e subiram-as, e tanto, ao ponto de acharem que quando as ultrapassam não é por o amor ser bom mas por a expectativa ser pequena.

 

Esquecem-se que o amor não é isso dos livros e dos filmes. O amor é feito por amadores, não é perfeito nem exótico nem ideal. É feito de asneiras, e de tentativa e erro. No amor, ao contrário dos filmes, não se fode sempre de soutien e as pessoas não saem da cama embrulhadas nos lençóis. Ao contrário dos filmes, as pessoas do amor dão puns, dão maus jeitos às costas a foder, têm borbulhas em sítios impróprios. Acham-se mais gordas e mais feias e olheirentas do que são, e acham-nas mais sexy e boazonas e fodíveis do que pensam. Dizem palavrões na cama e às vezes noutros sítios, mas ao contrário dos filmes ninguém diz, "si, si cariño" a menos que seja a gozar. As pessoas do amor apalpam-se, cheiram a roupa umas das outras e gostam, não fodem só depois de tomar banho nem têm sempre uma barba perfeita de três dias. O verdadeiro amor é ordinário e amador, mal preparado, e às vezes corre mal. As pessoas vêm-se sem querer ou não se vêm mesmo querendo. Mas é assim, é mesmo assim e talvez só seja bom quando é assim, com asneiras e tolices e coisas dificilmente confessáveis, com dias cheios de innuendos que acabam com os dois exaustos o fim de um dia qualquer a dizer "isto hoje foi um dia cansativo, se calhar fodemos amanhã", e outras vezes nem isso, olhamos uns para os outros e tem de ser agora, em cima do que calhar, com cuspo em vez de vaselina porque às vezes não há como resistir a um "enrraba-me já".

 

O mais extraordinário do amor, às vezes, é ser uma coisa ordinária, e ainda bem que sim."

 

by Menino de Sua Mãe

 

tumblr_mlvo07ncUs1rcmfhmo1_400

 

publicado por Palomina às 22:19 link do post
Um texto que me prendeu,acho que é uma excelente sugestão de leitura,pelo menos deixou-me com imensa vontade de ler o livro.

beijo grande
Gandalf a 12 de Junho de 2015 às 01:01

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Junho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
15
16
17
18
19
20
21
27
subscrever feeds
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

Blogs da concorrência que sigo
Wolf
Posts mais comentados
165 comentários
110 comentários
110 comentários
107 comentários
102 comentários
99 comentários
99 comentários
99 comentários
93 comentários
Nota:
Todas as imagens deste blog são retiradas da internet.
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
https://verdade-rigor-honestidade-diferente.blogsp...
Adoro usar um masturbador enquanto leio os contos ...
Eu levo minha namorada pras casas de swing todo mê...
E já agora, este blog está inativo, caso queiras c...
Olá Popeye!Não sei se sabes mas respondeste em ano...
Desculpa, apenas uma nota. este mail é também o me...
Olá Palomina,Gostava de te agradecer o texto. Agra...
Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...
visitem as minhas sex shopswww.prazer4u.orgwww.pra...
Já lá fui, e vou linkarOnde posso seguir.deixa rec...
blogs SAPO