Amargo e Doce Desejo
"O desejo é uma força poderosa que pode ser usada para fazer as coisas acontecerem!"
28 de Dezembro de 2012


 

Mais um ano chega ao fim e de novo um ciclo começa ou recomeça.

Com ele devemos pensar que nunca é tarde demais para alcançarmos o que desejamos, porque as oportunidades que nos surgiram e as desperdiçamos, vão surgir novamente nas nossas mãos e cabe a nós agarrá-las para que desta vez não nos fujam e, por sua vez quando o novo ano já for velho, pararmos um pouco para refletirmos que desta vez conseguimos e atingimos as metas que tanto ambicionavamos.

E que todos os erros cometidos no ano anterior, sirvam de lição para que não os cometamos novamente no ano novo que está prestes a começar.

A todos os meus amigos, desejo um excelente 2013.

 


 
publicado por Palomina às 13:55 link do post
28 de Dezembro de 2012

O relógio já contava com mais de 1 hora da manhã, quando aquele casal decide ir dormir, isto é....dormir foi só depois de....!!

Estavam entretidos nos seus jogos a dois já habituais entre lençóis, e quase quase, no final do jogo, onde a senhora da casa tentava esmagar vá-se lá saber o quê em cima daquele homem, dão conta que................estão a ser observados por uma das crianças mais velha da casa que supostamente deveria estar a dormir.

E qual não é o espanto quando essa mesma criança está com um sorriso de orelha a orelha, na porta do quarto.

Os pais meios atarantados sem saber como reagir, ficam na dúvida se ele se apercebeu realmente do que se estava a passar.

A criança entretanto volta para a cama dela a pedido dos pais e a mãe vai ter com ela e pergunta-lhe:

"- Então, porque não dormes, já é tarde."

Ele a rir que nem um desalmado  responde:

" - Com aquele barulho todo como querias que eu dormisse???""

 

Temo, que alguém vai ter que responder a um questionário daqui a pouco.

 

 
publicado por Palomina às 09:32 link do post
27 de Dezembro de 2012

 


 

Como sabe bem ficar uns dias por casa e poder dormir até mais tarde.
publicado por Palomina às 10:55 link do post
21 de Dezembro de 2012

Era Natal, fazia frio lá fora e Palomina vestida a rigor embrulhava os últimos presentes que faltavam colocar por baixo da árvore de natal.

Nisto ouve um barulho estranho que se fez sentir numa outra divisão da sua casa, levanta-se, sorrateiramente e vai à procura do ruído.

Pé ante pé....percorre a casa toda, até que...chega à sala e encontra o pai natal encostado à sua lareira, parecia cansado.

 

" - Olá Palomina, desculpa o abuso, mas estava tão cansado que não resisti encostar aqui um pouco, está tão quentinho..." - disse-lhe o pai natal.

" - Ohhhhhhh....deixe-se estar à vontade, nem acredito que estou a ver o pai natal, pensei que não existia, foram precisos mais de 30 anos para descobrir isto, sinto-me maravilhada! - responde-lhe a Palomina com um ar que mais aparentava uma menina de 8 anos.

" - Anda, chega um pouco aqui, ao pé de mim, tenho reparado que vives-te mais um ano cheio de intensidade, é bom saber que ainda existem pessoas assim, o natal é mesmo isso....dar e receber!!" - dizia o Pai Natal.

 

Palomina sentiu um rubor nas suas faces, sentindo-se um pouco embaraçada, por saber que o Pai Natal sabia de todos os seus passos no passado, até os mais secretos.

"- Não fiques envergonhada Palomina, tu vives, enquanto que a maioria das pessoas apenas existe." - continuava ele com as suas palavras mágicas e filosóficas.

" - Vi que o teu pedido este ano, continua a ser o mesmo de há já alguns anos, és fiel aos teus desejos, às tuas ambições." - continuava ele.

" - Mas, não sei por quanto tempo mais, te poderei pôr esse teu pedido no teu sapatinho, a não ser que...." - e revirava-lhe os olhos com alguma malícia.

" - A não ser que, o quê, Pai Natal??? Não estou a entender onde quer chegar...." - dizia-lhe Palomina intrigada.

" - Queres mesmo saber??" - perguntava o Pai Natal.

" - Claro que sim." - respondia-lhe ela.

" - A não ser que tu Palomina, realizes também um dos meus desejos...sim..., o Pai Natal também tem desejos, sabias?"

Palomina olhava-o de olhos arregalados e atreve-se a perguntar-lhe:

" - E que desejo seria esse?"

" - Anda, chega aqui mais perto....isso...linda menina, agora agacha-te aqui em frente a mim, e procura o que tenho guardado dentro das minhas calças, é algo que tu adoras." - dizia-lhe ele.

" - Ai, ai, Pai Natal, não me diga que me trouxe um chupa daqueles com sabor a homem que eu tanto gosto!" - dizia-lhe Palomina toda entusiasmada.

" - Claro que sim, só tens que o chupar até ao fim, é todo teu." - mencionava-lhe o Pai Natal, todo entesado.

Palomina pega nele, com as duas mãos e aprecia aquele chupa, que pedia que o chupassem imediatamente, ela abocanha-o e delicia-se com ele, ao mesmo tempo que delicía o Pai Natal também.

" - Isso mesmo, eu tinha quase a certeza que tu serias a pessoa ideal para o fazeres, és mestra na arte de dar prazer, a tua fase de aprendizagem já passou, agora "trabalhas" a sério e um bom trabalho sem dúvida, divinal...." - balbuciava o Pai Natal entre uns oohhhs e uns huummms.

" - Anda, senta aqui no meu colo Palomina, ainda lembras qual é o lema do Pai Natal?" - perguntava-lhe ele.

" - Sim....dar e receber....hummmmmm, ahhhhhh, ahhhhhhh.... - sussurrava gemendo Palomina.

 

E assim viveram nessa noite o verdadeiro espírito de natal....

Dar e receber com....umas boas festas e festinhas.

 

Faço destas palavras, os meus desejos para todos os meus leitores e amigos da blogosfera...

Um Feliz Natal.

 

 

 

 

 

publicado por Palomina às 12:44 link do post
20 de Dezembro de 2012

publicado por Palomina às 21:12 link do post
20 de Dezembro de 2012

Quando existe química, a física é sensacional!!

publicado por Palomina às 21:03 link do post
19 de Dezembro de 2012

Com o tempo demasiado ocupado, deixou-se acumular a energia dentro daquele ser...até que, não havendo mais espaço para tanta acumulação, essa energia entra em combustão e explode ao mais pequeno toque, desta vez bastou um suave roço para que despertasse toda aquela central nervosa e libidinosa.

Mesmo sabendo que estava num local onde poderia ser "apanhada", deixou-se ficar com o seu próprio mexer e roçar na sua cadeira, fazendo com que ela se fosse libertando aos poucos daquele prazer viciante de querer chegar ao êxtase.

Movimentava as suas pernas, ora pressionando-as contra os joelhos, ora afastando-as, para que pudesse sentir-se a abrir até que atinge o culminar num orgasmo mudo e intenso, naquele roçar.

Isto foi apenas uma pequena percentagem de energia que se evaporou, deixando marcas nas suas cuequinhas....porque ainda sente que tem muito mais para sentir.

 

Até que a oportunidade surja.

 

publicado por Palomina às 13:24 link do post
18 de Dezembro de 2012

Hoje o titulo é algo de brejeiro, confesso, mas foi o melhor e o mais apelativo que encontrei para falar de tal assunto.

Mas vamos lá ao que interessa, dizem-me os caros leitores e muito bem, cheios de curiosidade.

Eu desde sempre soube que existiam bancos de esperma espalhados por todo o mundo, pensei que sabia também  como era feita a recolha desse esperma, imaginava que os dadores eram metidos numa divisão onde poderiam ver filmes porno-eróticos e revistas, onde eles mesmo se masturbavam e colocavam o seu esperma num frasco para doar.

Agora, e desculpem a minha ingenuidade, quando fico a saber que na República Popular da China existem punheteiras para o fazerem.

Sim, podiam ter o nome de masturbadoras, enfermeiras de recolha de esperma, sei lá o que mais, mas não, a tradução do mandarim para o português é mesmo essa...punheteiras.

 

Ai, se a moda pega aqui no nosso país, a crise do desemprego misturada com a elevada taxa de infertilidade do nosso país...não sei não. Não tardará nada e punheteiras também não faltarão pelos nossos lados. E acredito que haverão mais voluntários para dadores.

Que já as há, há....mas....para outros fins!

publicado por Palomina às 13:54 link do post
16 de Dezembro de 2012

publicado por Palomina às 14:56 link do post
15 de Dezembro de 2012

 
Acorda...

Levanta-te e vai dormir!

Aí...

Sonha de novo,

Até que, esse mesmo sonho

Te acorde novamente.

E sintas, que ainda desejas...

Acordado...

Aquilo que desejavas a dormir...

publicado por Palomina às 00:29 link do post
13 de Dezembro de 2012


Adoro esta parte do dia, em que esqueço quase tudo e entro na água para dar umas braçadas.

É um tempo só meu, onde desfruto e relaxo o corpo ao mesmo tempo que a minha mente divaga sobre o ondular da água que o meu próprio corpo provoca.

Começo lentamente de uma ponta à outra até ficar exausta.

Quando me sinto já cansada deixo-me ficar a flutuar e aí o meu pensamento voa para lugares mágicos que me provocam um arrepio na pele. Encho os pulmões de ar e vou até ao fundo da piscina, como se quisesse fugir ou esconder-me de algo que na superficie pode parecer notório aos olhos de certos estranhos que comigo partilham a mesma água.

E sinto uma paz interior que tenta lutar contra a revolta que a mente grita. 

Como gosto de ficar assim ao som disto:

 
publicado por Palomina às 19:06 link do post
12 de Dezembro de 2012

 

Mas...cá me vou aguentando da melhor forma!!

 

publicado por Palomina às 16:54 link do post
10 de Dezembro de 2012

Trago na memória algo para te dizer
Que o coração não cala e me faz doer
Os caminhos que trilhaste não fazem esquecer
Toda a essência que trazias dentro do teu ser

Tenho na cabeça tanto para te contar
Que a distância em que vivemos tratou de adiar
Sei que chegará o tempo de te reencontrar
Abraçar-te no meu peito e deixar-me ficar

Solta-se a voz cá do fundo
Grito vagabundo
Que deixaste em mim
Perco-me nesta revolta
Na lágrima solta
De um beijo sem fim

Guardo mais esta saudade em forma de canção
Que o meu peito arde forte nesta rouquidão
Busco força no consolo do teu coração
Que bate sempre que me sinto nesta solidão

Solta-se a voz cá do fundo
Grito vagabundo
Que deixaste em mim
Perco-me nesta revolta
Na lágrima solta
De um beijo sem fim


publicado por Palomina às 13:15 link do post
09 de Dezembro de 2012


Enquanto neste momento uma grande parte dos portugueses passeiam e "entopem" os centros comerciais, enquanto outros estão a ver uma sessão no cinema, e enquanto que outros estão à lareira a petiscar uns amendoins ou a fazer sabe-se lá o quê, aqui a menina Palomina, faz as suas lides domésticas que não conseguiu fazer durante a semana por falta de tempo.

Só espero que o vosso domingo esteja a ser bem mais interessante que o meu.

E algo me diz que, esta semana que está a começar vai ser um pouco mais do mesmo.
publicado por Palomina às 15:30 link do post
04 de Dezembro de 2012

Com todo o tempo do mundo, e sem tempo para aquilo que mais gosto de fazer!

 

Como me apetecia agora um..........

 

Café cheio....de provocação!!

 

publicado por Palomina às 14:51 link do post
Dezembro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
14
17
22
23
24
25
26
29
30
31
subscrever feeds
arquivos
2016:

 J F M A M J J A S O N D

2015:

 J F M A M J J A S O N D

2014:

 J F M A M J J A S O N D

2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

Blogs da concorrência que sigo
Wolf
Posts mais comentados
165 comentários
110 comentários
110 comentários
107 comentários
102 comentários
99 comentários
99 comentários
99 comentários
93 comentários
Nota:
Todas as imagens deste blog são retiradas da internet.
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
comentários recentes
https://verdade-rigor-honestidade-diferente.blogsp...
Adoro usar um masturbador enquanto leio os contos ...
Eu levo minha namorada pras casas de swing todo mê...
E já agora, este blog está inativo, caso queiras c...
Olá Popeye!Não sei se sabes mas respondeste em ano...
Desculpa, apenas uma nota. este mail é também o me...
Olá Palomina,Gostava de te agradecer o texto. Agra...
Olá,Estou neste momento a elaborar a minha dissert...
visitem as minhas sex shopswww.prazer4u.orgwww.pra...
Já lá fui, e vou linkarOnde posso seguir.deixa rec...
blogs SAPO